Daniel entrevista Helena Bonham Carter para a Interview Magazine / Autor: Bia Antunes

Daniel entrevistou a atriz Helena Bonham Carter, a Bellatrix de Harry Potter, em uma de suas casas em Londres, para a revista Interview. Eles falaram sobre a carreira dela, complexo de inferioridade, família, entre outros assuntos. Confira a entrevista traduzida abaixo:

Tradução por: Beatriz Antunes e Larissa Henriques

Equipe Daniel Radcliffe Brasil

Daniel Radcliffe: Você tem uma família de sucesso.

Helena Bonham Carter: Você acha?

Daniel: Bom, você é descendente de um Primeiro Ministro, vários políticos e um diretor muito influente. Seu avô materno foi um diplomata espanhol e ganhou o prêmio Righteous Among the Nations alguns anos atrás, o que é maravilhoso. E sua mãe é uma psicoterapeuta.

Helena: Uau, você sabe mais que eu!

Daniel: Mas como essa intelectualidade te ajudou a se lançar? Porque você começou bem jovem.

Helena: Não tem nada a ver com de onde eu vim, já que mamãe e papai nunca colocaram pressão em nenhum de nós. Não havia nenhuma expectativa, o que era ótimo. Mas eu era muito crítica, e graças a Deus eu parei lentamente de ser assim com o passar do tempo.

Daniel: Você conseguiu? Isso vai ser lento?

Helena: Ah sim. Não se preocupe. Isso melhora quando você ficar mais velho.

Daniel: Oh, graças a Deus.

Helena: Eu acho que isso te desgasta fisicamente, mas mentalmente é muito mais fácil.

Daniel: Eu sinto um grande complexo de inferioridade quando piso numa sala com atores porque eu nunca treinei, e você também não.

Helena: Oh, eu tinha um grande complexo de inferioridade até ontem.

Daniel: Mas não hoje!

Helena: Todos tem complexo de inferioridade quando eles entram numa sala. Mas quando você tem filhos e fica mais velho, não importa mais. Quando eu era mais nova eu tinha tantos problemas com inferioridade. Eu tinha um porque não fui para a universidade, tinha um porque não fui treinada. Mas isso fica cansativo e você se enjoa disso.

Daniel: Certo. E esse enjoo e o que te leva a mandar tudo se f*der.

Helena: ”Que se f*da” é a minha filosofia de vida.

Daniel: Eu acho que as pessoas veem sua carreira como duas metades, uma na qual você era ingenua. E há essa percepção de que após conhecer o Tim Burton, você se transformou em estranha. Mas eu sei que você sempre foi estranha.

Helena: Eu sempre fui esquisita. Só que você não pode esperar que as pessoas te entendam desde o início. E eu acho que isso realmente mexeu com a minha cabeça, sendo muito conhecida desde jovem, quando você ainda não tem certeza de quem é. Isso é como eu era ridícula: Eu lia perfis escritos sobre mim e me perguntava se aquela era realmente quem eu era. Você não pode deixar nas mãos de uma pessoa que você acabou de conhecer sua auto definição.

Daniel: Tipo de personagem é uma ”palavra” estranha (Typecast, em inglês, é Tipo de personagem, portanto, é uma palavra). Os personagens não são os mesmos sempre. É muito fácil dizer que uma pessoa tem um tipo de personagem.

Helena: Todos esses dramas fixados em você. Mas o que era muito interessante sobre esses personagens era que eles eram de grandes livros. Eles me ofereceram muito mais caracterizações súbitas. Eu lembro que meu agente disse: ”Você não pode fazer Angels Fear To Tread e Howard’s End” e eu disse ”Porque não? Me mostre um roteiro melhor”

Daniel: Seu personagem em Harry Potter, Bellatrix Lestrange, é um dos personagens mais assustadores. Mas eu acho justo dizer que ela é muito ”atuável” e muito sexy também.

Helena: Quando eles me mandaram o roteiro, eu pensei ”O que eu vou fazer?”. Porque, nas páginas, ela não estava totalmente lá, e você tem que se fazer notar. E as crianças tinham medo de Bellatrix. Então eu pensei, ok, tenho que ser realmente assustadora. Mas, é claro, que com crianças você tem que ser engraçada quando travessa.

Daniel: Você acha que você ”pega” muita inspiração das crianças? Porque eu sim. Elas são muito honestas em como agem e como são no mundo.

Helena: Ah sim. Eles são. E eu também acho que tem muito de ”Peter Pan”em mim. Eu nunca realmente quis crescer. Eu cresci muito jovem. Me mudei quando tinha 13 anos, que foi quando comecei a atuar. Papai estava muito mal, praticamente paralizado, então havia parte de mim que sentiu que eu devia me tornar responsável.

Daniel: Você pensou que tinha que fornecer algo. Ou ajudar, pelo menos.

Helena: Sim. Eu estava tentando compensar pelo o que aconteceu com ele. Não estava nem consciente disto. Achei que se eu fizesse algo, iria fazer as coisas melhorarem de algum jeito.

Daniel: Que você provavelmente fez de um certo jeito.

Helena: De um certo jeito, eu fiz.

Daniel: Você tem tido uma vida maravilhosa, e o que qualquer pai/mãe quer além de se sentir extremamente orgulhosos dos seus filhos? Ah, e falando disto, meus parabéns. Você venceu o BAFTA ano passado pelo ”The King’s Speech”.

Helena: Obrigada.

Daniel: Isto é muito empolgante, e você estava aterrorizada antes daquele filme. Você estava em ”Potter” e  filmando este outro ao mesmo tempo. Estava fazendo uma tarefa dupla.

Helena: Eu estava fazendo uma tarefa dupla. Eu nunca disse ”sim” para aquele filme, na verdade. Eu recusei o papel muitas vezes. Tom Hooper é persistente, então, se ele quer alguma coisa, ele consegue. Você acaba dizendo, ”Oh, droga! Ok, eu faço!”

Daniel: Verdade? Apenas por persistência?

Helena: É mais fácil, e também estava filmando na estrada. Mas, você sabe, meu filho Billy iria perguntar: “Você tem que ser a bruxa ou a rainha amanhã?” Eu pensei: Bom, isso é bem minha vida.

Daniel: Você tem que ser uma bruxa ou a rainha amanhã, uma decisão a tomar. Quando eu coloquei o gravador para baixo em sua mesa, peguei uma pilha, e o título do livro que estava debaixo daquela pilha foi revelado: O que é uma menina pobre? Prostituição em meados do século XIX América.

Helena: [em sotaque sulista] Se tudo isso falhar, esta é minha situação reserva.

Em breve iremos postar a entrevista completa traduzida em uma sessão especial no site. Se preferir, pode continuar lendo (em inglês) clicando aqui.

Fonte.





Por Isabela in maio 16 - 9:23 pm

o daniel fio de uma ———-


Por julia salgado in maio 16 - 9:24 pm

olá daniel eu gosto muito de você






2011 - 2016   DanielRadcliffe.Com.Br