Review de A Young Doctor’s Notebook – Episódio 1 / Autor: Rafael Alves

az

A minissérie A Young Doctor’s Notebook, com Daniel Radcliffe está indo para o seu último episódio, para aqueles que estão acompanhando e para aqueles que ainda não começaram a assistir, preparamos esta review com o que achamos da minissérie e da  estréia do Dan na televisão.

O texto abaixo contém spoilers

A Young Doctor’s Notebook é o novo projeto de Daniel Radcliffe, e se você estava esperando por algum veredito sobre a minissérie ser boa ou não, vá sem medo, é boa! A história retrata a vida do recém formado Doutor Vladimir Bomgard (Daniel Radcliffe) que foi mandado para Myovo, durante a Revolução Russa; seu novo local de trabalho é isolado, frio e simples, o doutor tem a ajuda de duas enfermeiras e um dentista, sem contar a presença de seu eu mais velho, interpretado por Jon Hamm que conversa com o jovem Vladimir,  revivendo alguns momentos de sua vida como recém formado.

Daniel Radcliffe consegue logo nos mostrar as características do seu novo personagem: inseguro, apegado aos livros, desajeitado e fumante. Os outros personagens são apresentados e temos duas enfermeiras intimidadoras que fazem o doutor querer aparentar mais alto e adulto, principalmente pelo fato de idolatrarem tanto o antigo doutor, Leopol’d Leopol’dovic que apesar de morto, foi citado inúmeras vezes, e isso foi hilário! Temos também o dentista, engraçado o fato dele ser o único a gostar de cara do novo doutor, sem critica-lo e forçando uma amizade como ninguém.

É importante ressaltar as cenas de Vladimir em Moscou no ano de 1934, ao que parece ele está passando por algum tipo de investigação, que será explicada nos próximos episódios. “É, presenciei muito horror e tragédia aqui… Dias felizes” com essa frase contraditória, podemos perceber que as coisas não ficam muito boas no futuro do Doutor.

O primeiro caso do doutor é um parto de bebê transverso (graças a Deus não foi uma hérnia atravessada, certo?), apesar de toda a confusão, tudo ocorre bem e  Vladimir consegue realizar o parto, claro que até isto acontecer foram precisos muitos cigarros, e uma pequena consulta nos livros da biblioteca de  Leopol’d Leopol’dovic, a primeira briga com o Doutor mais velho foi ótima e como o jovem Vladimir mesmo disse, pular para pegar o livro foi realmente humilhante… E hilário! Ao final do parto podemos ver o doutor ganhando a simpatia de Pelageya e da outra enfermeira, que não me lembro de ver o nome, e isso deu ao Doutor certa confiança, tanta que se aventurou como Dentista e ao tentar arrancar o dente do paciente conseguiu extrair parte do osso da mandíbula como extra, e aquela quantidade de sangue me deixou desconfortável e ao mesmo tempo rindo muito, de acordo com a classificação etária liberada semanas antes de a série estrear, ainda teremos muito sangue para nos divertir e deixar aflitos!

O primeiro episódio conseguiu passar bem a insegurança do jovem Vladimir, além de mesclar bem a comédia com seus conflitos internos que aos poucos constroem um grande profissional. O roteiro é genial nos momentos dos diálogos entre o jovem e o velho doutor, em suma a ideia geral é ótima e está sendo muito bem aproveitada. A série é rápida e isso a torna bem ágil, o que é muito bom. O primeiro episódio me deixou querendo mais dessa série que foi descrita como um misto de humor negro e drama, e tenho a sensação  de que quatro episódios serão poucos!

 

Você já assistiu ao episódio, o que achou? Se não assistiu ainda, corre, pois você está perdendo! Os episódios para download estão sendo postados em nosso site, acesse clicando aqui. Em breve review do episódio 2!








2011 - 2016   DanielRadcliffe.Com.Br