[TRADUZIDA] Entrevista para o Hollywood Reporter / Autor: Nuara Costa

Durante o festival Deauville, Daniel concedeu diversas entrevistas, incluindo essa ao Hollywood Reporter. Nela, ele fala sobre reprisar o papel de Harry Potter, ficar faminto para Jungle e sobre escrever seu próprio roteiro de cinema.

Daniel Radcliffe fala sobre se retornaria ao papel de Harry Potter e sobre morrer de fome para ‘Jungle

Apesar de Harry Potter estar de volta nas páginas e nos palcos com Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, de JK Rowling, Daniel Radcliffe já se distanciou do papel a um bom tempo com os filmes mais pesados Swiss Army Man e o thriller skinhead lançado recentemente, Imperium.

Mas ele não desconsidera retornar ao papel se a Warner Bros. Seguir em frente com um filme.

“Eu nunca vou fechar a porta; isso seria uma coisa estúpida a se fazer,” ele disse ao Hollywood Reporter no Deauville Film Festival, onde ele aceitou o Rising Star Award. “Mas eu acho que eu ficarei feliz e seguro o bastante para deixar outra pessoa o interpretar.”

“No momento, nem é uma preocupação porque eu sou muito novo para interpretar o papel, mas mesmo daqui a 10 anos eu ainda me sentiria estranho voltando a ele.”

“Há uma parte de mim que pensa  que algumas coisas são melhores deixadas intocadas. Se voltássemos a Potter, há uma chance de que faríamos o que Star Wars: O despertar da força foi para o Star Wars original, mas há uma chance que faríamos o Phantom Menace,” ele brinca. “Então eu não quero voltar a algo do tipo e talvez azedar o que as pessoas já amam.”

Apesar de ainda não ter visto a peça, ele pensa que o ator Jamie Parker, que já recebeu ótimas críticas, poderia continuar no filme.

Sobre o “Animais Fantásticos e Onde Habitam” ele diz que não sabe nada sobre a história e o roteiro e enaltece Eddie Redmayne. “Ele é um vencedor do Oscar, cara, ele não precisa do meu conselho,” ele brincou.

Ele finalizou Jungle no início do verão depois de quatro meses difíceis de filmagens na Colômbia e Austrália. O filme baseado nas autobiografia de Yossi Ghinsberg  sobre uma viagem à Amazônia que deu errado.

Radcliffe entrou em uma dieta extrema para o papel, para emagrecer e assim parecer com a imagem do aventureiro que se perdeu na selva por algumas semanas. “Foi difícil fisicamente porque eu não estava realmente comendo. Nós estávamos fazendo dias longos e eu estava operando com pouca comida,” ele disse, adicionando que começou a dieta quatro semanas antes das filmagens para estar magro o suficiente.

Ele vai dividir a tela com Thomas Kretschmann, quem ele chama de “o cara mais louco que eu já conheci – e ele não vai se importar se eu disser isso.”

Radcliffe está atualmente trabalhando em um roteiro que ele espera dirigir no futuro. “Não é que seja ruim, só não está pronto,” ele disse.

Ele cita o diretor de Seven Psychos e In Burges como uma influência, adicionando: “Se eu puder ser um pobre Martin McDonag, eu ficaria muito feliz.”








2011 - 2016   DanielRadcliffe.Com.Br